Execplan performance

AI na identificação automática de fatores críticos

AI IDENTIFICA OS FATORES CRÍTICOS

A Inteligência Artificial permite um diagnóstico preciso

ai-identificaçãode-fatores-criticos

Os BIs ( Business Intelligence ), criados na década de 90 ou os self-service BI, são focados em gerar relatórios, gráficos, cockpits e dashboards, e num primeiro momento é muito rápido se obter os principais KPIs e se ter uma visão geral com os grandes números do que aconteceu, mas em seguida, perde-se muito tempo para explicar os detalhes desses KPIs, o que está por trás de cada indicador, então são gerados vários relatórios para explicar os porquês e isso toma muito tempo, gerando custos.

Os exclusivos recursos analíticos de Inteligência Artificial do EXECPLAN PERFORMANCE permitem que se tenha o rastreamento automático e completo de todos os Fatores Críticos na 1ª hora do 1º dia útil, propiciando precisão e agilidade para analisar o que aconteceu.

O EXECPLAN PERFORMANCE usa a Inteligência Artificial para gerar um efetivo Advanced Business Analytics, completo e pronto para uso ( disponível para 16 verticais: Indústrias, Varejo, Bancos, dentre outras ) em todas as áreas de negócios de sua empresa: Vendas e Marketing, Financeiro e Controladoria, Recursos Humanos, Custos, Suprimentos, Estoques, Qualidade, Logística, Manutenção, etc.

Um dos objetivos da AI ( Artificial Intelligence ) na Identificação Automática de Fatores Críticos é que os executivos e gestores tenham muito mais precisão de análises, em muito menos tempo, sem ter que esperar por relatórios, sem envolver custos de analistas de negócios e de TI, e sem a demora para se gerar as informações, esse tempo e custo se traduz em CUSTO DE PRODUZIR A INFORMAÇÃO.

O uso de AI também elimina o custo de oportunidade, ou seja, o alto custo de todos os gestores e executivos não terem as informações durante as semanas em que normalmente são feitas as análises do mês anterior através de BIs , o que impacta na COMPETITIVIDADE e nos RESULTADOS das empresas.

AI IDENTIFICANDO AUTOMATICAMENTE OS FATORES CRÍTICOS, utiliza um conjunto de algoritmos exclusivos de INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, que tem 7 objetivos:

1 - PRECISÃO E AGILIDADE: DIAGNÓSTICO COMPLETO NO 1º DIA ÚTIL

Os algoritmos exclusivos de AI – Inteligência Artificial do EXECPLAN PERFORMANCE, permitem que na 1ª hora do 1º dia útil tenhamos um diagnóstico completo e preciso de tudo o que aconteceu, eliminando a espera dos gestores e executivos por relatórios ou informações adicionais do staff para se analisar o que aconteceu.

No EXECPLAN PERFORMANCE a Inteligência Artificial é utilizada para fazer o rastreamento automático de sua base de dados e identifica automaticamente quantos e quais são os fatores críticos, em cada área de negócios.

Não adianta se ter agilidade somente com grandes números, os KPIs, sem se saber como se chegou a aqueles números, e também não adianta se ter precisão depois de 10 a 15 dias, perdeu-se o timing e a oportunidade.

Claro que no 1º dia útil não se terá a contabilidade fechada, mas todos os números de faturamento, vendas, despesas e outras já estão disponíveis e podem ser acessados no ERP ou Sistemas Internos para o EXECPLAN PERFORMANCE, portanto, já é possível analisar todas as informações essenciais para se tomar as decisões e definir ou redefinir estratégias.

O novo EXECPLAN PERFORMANCE utilizando Inteligência Artificial propicia muito mais precisão de análises, em muito menos tempo, e com um custo muito menor que nos BIs clássicos ou nos Self-service BIs.

2 - REUNIÃO DE DIRETORIA NO 1º DIA ÚTIL

Solicite uma apresentação para conhecer mais detalhes

Normalmente a reunião de diretoria ocorre na maioria das empresas por volta do dia 10 ou 15, e o motivo é simples, porque não se tem todo o detalhamento do que aconteceu em todas as áreas para se fazer a reunião.

 

Com a precisão e agilidade propiciada pela AI na Identificação Automática de Fatores Críticos do EXECPLAN PERFORMANCE, a reunião de diretoria pode ser feita sempre no 1º dia útil a tarde, pois todos os gestores e executivos tem no EXECPLAN PERFORMANCE informações detalhadas e precisas de tudo o que aconteceu, podendo redefinir as metas e estratégias com mais precisão e tornando a empresa muito mais ágil e competitiva.

3 - REDEFINIR METAS E ESTRATÉGIAS NO 1º DIA ÚTIL

A precisão e agilidade propiciada pela Inteligência Artificial disponível no EXECPLAN PERFORMANCE, possibilita aos gestores e executivos redefinir Metas e Estratégias no 1º dia útil de cada mês, por exemplo, metas de Vendas ou Produção ou outras que sejam relevantes, pois todos tem um rastreamento ágil, completo e preciso de tudo o que aconteceu.

4 - GOVERNANÇA CORPORATIVA – VISÃO ÚNICA DAS INFORMAÇÕES PARA GESTORES, DIRETORES, CONSELHO E ACIONISTAS NO 1º DIA ÚTIL

A Inteligência Artificial disponível no EXECPLAN PERFORMANCE além de propiciar a precisão e agilidade, possibilita-se que os Gestores, Diretoria, Conselho e Acionistas tenham uma visão única da informação, no nível de detalhes que quiserem, no 1º dia útil, em qualquer lugar que estejam.

Essa visão única das informações em todos os níveis, se traduz num dos princípios básicos da Governança Corporativa que é a transparência, tornando a empresa muito mais respeitada e admirada pelos acionistas e mercado.

5 - ELIMINAR O CUSTO DOS GESTORES E EXECUTIVOS NÃO TEREM AS INFORMAÇÕES - CUSTO DE OPORTUNIDADE

O custo mais significativo do que produzir a informação, é o CUSTO DE OPORTUNIDADE, ou seja, quanto custa todos os executivos e gestores não terem todas as informações necessárias enquanto as análises estão sendo detalhadas pelos analistas de negócios e/ou de TI ?

O CUSTO DE OPORTUNIDADE é no mínimo de 3 a 5 vezes maior que o custo de se produzir a informação, pois afeta diretamente a competitividade e os resultados da empresa.

Como não se tem todos os detalhes do que aconteceu, não se decide ou tem que se decidir no escuro, e enquanto se está analisando o que aconteceu outras coisas estão acontecendo…

6 - REDUZIR O CUSTO DE OVERHEAD E TER ANÁLISES MAIS PRECISAS

Quanto custa termos analistas de negócios ou de TI em várias áreas gastando dias ou semanas fazendo análises e gerando vários relatórios para detalhar o que aconteceu, e muitas vezes os relatórios não batem entre as áreas por serem baixados os dados para planilhas e em cada uma são utilizados critérios diferentes.

Os relatórios básicos demoram 1 a 3 dias para serem gerados, mas no mercado para se explicar o que aconteceu em detalhes se gasta em média 2 a 3 semanas, dependendo do que se vai detalhar.

São análises REATIVAS, mas geram um custo muito relevante para se PRODUZIR A INFORMAÇÃO: tempo e pessoas envolvidas para se gerar a informação.

Faça o cálculo de quanto se dispende por ano para se fazer essas análises reativas, simplesmente verifique quantos analistas de negócios e de TI são envolvidos em análises e anualize o custo de produzir a informação, verá que o custo é bem relevante.

7 - PERMITE IDENTIFICAR AS PERDAS COM PRECISÃO E AGILIDADE

Na Gestão por KPIs, quando um indicador ou um número consolidado está positivo, normalmente não se analisa o que aconteceu para se chegar a esse número.

 

No entanto, GRANDES NÚMEROS ESCONDEM GRANDES PROBLEMAS.

 

Uma Filial pode estar com um número acima do esperado, mas para se chegar a esse número, pode ter havido a consolidação de Linhas de Produtos, sendo que algumas estão positivas e outras negativas, e o número consolidado esconde esses problemas.

 

O mesmo ocorre que uma Linha de Produtos pode estar positiva, mas quando se analisa a consolidação de Produtos, sendo que alguns dos produtos podem estar  positivos e outros negativos, e essa situação fica mascarada pelo bom resultado consolidado da Linha de Produtos.

 

Como as empresas tem grandes volumes de dados, fica impossível analisar isto através dos BIs , pois se fossemos gerar relatórios para analisar tudo o que aconteceu, seriam tantos relatórios que seria impossível analisar.

 

Pelo grande volume de dados, nos BIs acaba-se detalhando somente os KPIs que estão negativos, e mesmo assim demora muito tempo e envolve muitas pessoas, gerando custo elevado e pouca precisão.

 

A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL utilizada no  EXECPLAN PERFORMANCE identifica de forma automática as perdas em vários níveis, nada fica mascarado, o que direciona os gestores e executivos para os pontos de ação e permite que ao invés de se gastar tempo e dinheiro para analisar o que aconteceu de forma reativa, todos possam analisar rapidamente o que aconteceu para depois se concentrar em analisar o que está acontecendo, que traz muito mais ganhos para sua empresa e facilita aos gestores e executivos.  

 

O mercado é muito ágil, então chore ou comemore rápido o que aconteceu

para poder focar na análise do que está acontecendo …

veja mais em Acompanhamento de Execução de Metas

 

Solicite uma apresentação personalizada de como a Inteligência Artificial

disponível no EXECPLAN PERFORMANCE,

torna mais ágil e preciso o processo decisório, reduzindo custos e perdas.

compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email