4 análises importantes para a precificação de produtos

Compartilhar no facebook
Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar
Compartilhar no linkedin
Compartilhar

Definir preços pode ser uma tarefa complicadíssima, que pode comprometer os resultados da sua empresa. Saiba como fazer isso da maneira correta. A precificação é um trabalho de grande importância para o andamento da empresa e sucesso dos serviços oferecidos. Esta tem uma grande influência sobre o trabalho de um setor de vendas, além de proporcionalmente impactar todas as outras áreas de uma corporação. A definição do preço de um produto junto ao mercado, entre outros fatores que devem ser levados em conta, tem uma grande dependência do equilíbrio entre o preço de mercado e o valor calculado, em função dos seus custos e despesas. Além disso, é preciso que se identifique no aspecto mercadológico, fatores que influenciem diretamente na precificação. O preço de venda precisa estar dentro de uma “margem” dentro do mercado, que é posta entre concorrentes diretos que ofereçam produtos e serviços de qualidade e finalidade semelhantes. Outros fatores como tempo de mercado, volume de vendas e visibilidade da marca, também precisam ser analisados. Pensando nessa tarefa difícil que requer um senso de equilíbrio para os profissionais envolvidos, separamos quatro fatores que tem uma influência direta na composição de preços e ajudarão você a analisar o que deve ser feito:

Análise de Custo gerado Esse fator de análise provavelmente é o mais óbvio. O aspecto inclui todos os componentes necessários para a consolidação do produto, para a prestação de um serviço, ou qualquer coisa que seja oferecida pela empresa ao consumidor. Dentre o que deve ser levado em conta temos:

  • Custo de Matéria-prima, no caso do produto ser físico;
  • Mão de Obra, caso necessário;
  • Tributação;
  • Logística/transporte/Deslocamento de profissionais;
  • Custos adicionais

Análise do Valor agregado à marca A resposta do consumidor ao valor agregado à sua marca tem de ser levada em conta. Uma marca, quando atende perfeitamente as necessidades do público em geral, ganha notoriedade no mercado. Obviamente que para uma marca se tornar referência e construir uma boa reputação, é necessário tempo. Mas é assim que se agrega valor. Se a empresa ganha tal reconhecimento estabelece-se um elo entre o cliente e a mercadoria, obviamente aumentando os preços de acordo com o nome da marca. Por conta deste tipo de ligação, o consumidor acaba muitas vezes colocando os preços de diferentes mercadorias de uma mesma categoria em uma balança. Vale a pena pagar mais caro por esse produto? O mais barato pode no final das contas “sair caro”? O DIGITAL RADAR 360º, oferece uma visão mais abrangente do mercado a respeito da sua empresa, abrindo possibilidades de atuação e ajudando os executivos e gestores a analisarem quais nichos devem ser explorados. Saber qual é a reputação e o feedback dado aos serviços oferecidos pela sua empresa é importante nessa tarefa de definir preços.

Análise do Consumidor Aqui é preciso que se leve em conta o poder de compra do consumidor. Quanto será que o meu cliente está disposto a desembolsar para ter meu produto/serviço? É muito importante que nessa fase da análise, que sejam feitas pesquisas de mercado, buscar avaliar todo o cenário econômico do país ou região em que a mercadoria será posta à venda e que, principalmente, se trace um perfil do seu público-alvo, de maneira que você o conheça da melhor forma. Para isso, tem de ser analisados três fatores cruciais:

  • Hábitos de consumo;
  • Poder aquisitivo;
  • Necessidades do público

Análise da Concorrência É importante que neste processo, seja feito um trabalho de análise de concorrentes. Esse trabalho possui uma teia de possibilidades imensa, não apenas em obter os resultados e preços da concorrência e contrapô-la. É necessário, por exemplo, que fique atento aos feedbacks do público consumidor aos produtos oferecidos e aos trabalhos de mídias sociais. Além de tudo, a concorrência de certa forma força a seguir o seu preço, de acordo com a dinâmica de mercado. É uma margem que delimita o que é “cabível” ao mercado e estar abaixo ou acima desta pode comprometer resultados nas vendas e nas contas. É preciso sempre estar monitorando notícias, posts, repercussões e novidades dentro do mercado, fornecendo análise de informações para auxiliar na competitividade alta que o mercado oferece hoje em dia.

No que diz respeito a isso, o DIGITAL RADAR 360º é o recurso ideal para que seja feito todo esse trabalho de análise de forma barata, segura, de fácil instalação e uso.

Para saber mais sobre a EXECPLAN ou solicitar uma apresentação personalizada, envie um e-mail para: ​info@execplan.com.br

Deixe seu comentário

Últimas Publicações

Sobre a Execplan

A Execplan tem inovado o Mercado com soluções Prontas para Uso, são 5 soluções disponíveis para diversas verticais de Mercado.

Siga-nos

A Execplan tem inovado o Mercado com soluções Prontas para Uso, são 5 soluções disponíveis para diversas verticais de Mercado.

Institucional

  • A Empresa
  • Prêmios
  • Contato

Soluções

  • Execplan Big Data
  • Execplan Performance
  • Execplan Planning
  • Execplan Data Quality
  • Execplan BSC
  • Execplan Cloud

Suporte

  • Chat
  • Suporte
  • FAQ

Execplan Brasil

Al. Rio Negro, 161
15º andar
cep: 06454000

+55 11 3577-9099

info@execplan.com.br

Soluções

Rua Tomás da Fonseca, Torre G
1º piso, 1600-209

+351 21 723 0633

info@execplaneuropa.com

Suporte

1700 Montgomery
Street, Suite 101 CA 94111

+1 415 835 9488

execplan@execplan.net