Como será o jornalismo do futuro?

Compartilhar no facebook
Compartilhar
Compartilhar no twitter
Compartilhar
Compartilhar no linkedin
Compartilhar

O “Jornalismo do Futuro”: como os dados influenciarão nas informações que consumimos? No Brasil e no mundo, muito se discute o presente e o futuro de um dos principais serviços de interesse público dentro de uma sociedade; o Jornalismo. O público espera do jornalismo um compromisso com a verdade, para que toda a massa mantenha-se informada e consciente do que acontece. Para isso, os jornalistas e os veículos jornalísticos precisam alcançar o máximo de informações sobre os fatos que são notícia no dia a dia, para poderem analisa-los, investiga-los para depois poder sintetizá-los dentro de uma pauta e produzir materiais, isto é, reportagens, notícias, materiais para entrevistas, entre outros. Essa atividade se torna mais complicada com a divulgação rápida de notícias pouco confiáveis através da internet e das redes sociais. A tendência é que os veículos jornalísticos passem a buscar um campo mais amplo, acompanhando em tempo real as notícias publicadas pelos seus concorrentes, o feedback sobre suas notícias por parte dos leitores e qualquer mudança em relação a seus fornecedores e menção de sua marca ou veículos.  A essência da profissão ainda persiste, sabendo que o olhar do jornalista tem de persistir em constante trabalho na função selecionar, hierarquizar, escolher e extrair o que é necessário. A diferença é que com a tecnologia, o “jornalismo do futuro” tem a seu dispor muito mais opções e campos a serem explorados. Outro fator importante a ser considerado que reforça ainda mais a tendência é a velocidade em que as informações jornalísticas circulam, principalmente devido ao fato de na internet existirem diversas formas de fazê-las e consumi-las. Com isso, a demanda cresceu e a necessidade de se produzir mais, o mais em “tempo real” possível, começou a ser determinante.           As redes sociais, por sua vez, carregam uma função importante dentro da era da informação. Segundo pesquisas, 90% dos jovens brasileiros contam com ao menos um perfil de redes sociais como Facebook, Twitter e Instagram. Em consequência a esse alcance imenso que elas proporcionam, os veículos jornalísticos puderam encontrar nesse meio uma forma de poder oferecer conteúdo a um grande número de pessoas. Por conta disso, o Big Data voltado para o monitoramento de redes sociais torna-se uma ferramenta importante nesse jornalismo de dados. Acompanhar feedbacks, analisar os interesses dos consumidores, analisar o que está sendo veiculado por concorrentes, dentre outros fatores, contribuem para que a credibilidade do que é circulado e a reputação do seu próprio veículo mantenham-se em evidência, principalmente dentro de uma sociedade crítica ao trabalho jornalístico nos dias de hoje.  Para saber mais sobre a EXECPLAN ou solicitar uma apresentação personalizada, envie um e-mail para: ​info@execplan.com.br

Deixe seu comentário

Últimas Publicações

Sobre a Execplan

A Execplan tem inovado o Mercado com soluções Prontas para Uso, são 5 soluções disponíveis para diversas verticais de Mercado.

Siga-nos

A Execplan tem inovado o Mercado com soluções Prontas para Uso, são 5 soluções disponíveis para diversas verticais de Mercado.

Institucional

  • A Empresa
  • Prêmios
  • Contato

Soluções

  • Execplan Big Data
  • Execplan Performance
  • Execplan Planning
  • Execplan Data Quality
  • Execplan BSC
  • Execplan Cloud

Suporte

  • Chat
  • Suporte
  • FAQ

Execplan Brasil

Al. Rio Negro, 161
15º andar
cep: 06454000

+55 11 3577-9099

info@execplan.com.br

Soluções

Rua Tomás da Fonseca, Torre G
1º piso, 1600-209

+351 21 723 0633

info@execplaneuropa.com

Suporte

1700 Montgomery
Street, Suite 101 CA 94111

+1 415 835 9488

execplan@execplan.net